Início > 1 > Ar condicionado de Automóvel libera Benzeno. Será?

Ar condicionado de Automóvel libera Benzeno. Será?

O boato que vem sendo repassado na internet é o seguinte:

“Não ligue o ar condicionado logo que entrar no carro.

Por favor, abra as janelas assim que entrar no carro, e não ligue logo o
ar condicionado.
De acordo com pesquisas, o painel de instrumentos, assentos e tubagens de
refrigeração emitem ‘benzeno’, uma toxina causadora de câncer.. (Note o
cheiro de plástico quente dentro do carro). Além disso, envenena os ossos,
causa anemia e reduz os glóbulos brancos.

O nível interior aceitável de benzeno é de 0,05 gr por cm2.
No interior de um carro estacionado com as janelas fechadas contém de
0,37 a 0,74 mg de benzeno. Se estiver estacionado sob o sol, a uma
temperatura superior a 16ºC, o nível de benzeno sobe p/ 1,84-3,68 mg
(40 vezes superior ao nível aceitável) e as pessoas aspiram uma quantidade
enorme de toxinas.
Recomenda-se abrir as janelas e portas para que o ar quente possa sair,
antes de ligar o ar condicionado. O benzeno é uma toxina que tb afecta os rins e fígado. É uma substância
tóxica muito difícil de ser expelida pelo organismo.”

Recebi o seguinte comentário de um amigo, o Cleber Jacob, que embora não seja de todo científico, mas derruba o mito.

Segue na íntegra:

Hmmm tá…

Então com o carro em movimento, mesmo que seja sob um sol escaldante, não há a tal emissão de benzeno?
Vamos agora à inconsistência dos números citados no e-mail:
- Nível aceitável da substância: 0,05gr/cm2. Note que a unidade é centímetro quadrado, quando deveria ser centímetro cúbico pois estamos falando de volume.
- Nível da substância num carro estacionado com os vidros fechados: 0,37 a 0,74mg. MILIGRAMAS. Isso daria 0,00074g, bem abaixo do nível aceitável de 0,05g.
- Nível da substância num carro estacionado sob o sol: 1,84 a 3,68mg. Ainda bem abaixo do nível aceitável.
Bem, os números estão inconsistentes, mas e a “teoria” a respeito da emissão do benzeno? Também está inconsistente! Se o benzeno fizesse parte das cadeias de moléculas que constituem os polímeros chamados de plástico e, por ação do calor, a molécula do benzeno se “soltasse” da cadeia de polímeros, não haveria mais plástico! Vc deixaria seu carro estacionado sob o sol e o painel dele viraria uma gosma derretida com uma nuvem enorme de benzeno lá dentro do carro!
Simples assim!”
Ou seja…. não tem a menor lógica a parada! Fico imaginando o que leva uma pessoa a escrever essas asneiras e espalhar por aí…. mas não consigo entender!!!
About these ads
Tags:,
  1. Cláudia
    01/14/2010 às 18:15

    O motivo pelo qual esse monte de asneira é inventado e repassado “frenéticamente” por internautas desinformados, é o seguinte: o objetivo principal de q repassem p/um maior número possível de pessoas e uma hora voltará ao autor do hoax o e-mail recheado de endereços eletrônicos e o cara baixa para um banco de dados e os vende. É um crime virtual muito usado e uma grande maioria de internautas caem no golpe! Infelizmente existem pessoas q preferem lucrar desonestamente…

    • 01/14/2010 às 22:43

      Obrigado pela dica Cláudia! Agora sim, faz algum sentido :-)

  2. Rocco
    02/03/2010 às 14:55

    ops !!! muito bom adoro responder estes e-mail informativos detonando com os otarios que acreditam , a internet e o paraiso dos malandros ….

  3. 03/29/2011 às 20:08

    ola gostei muito da dica pos eu zou mecanico de ar e si nào foses vcs eu ia cai dereitinhor o brigodo pela boa informações .

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: